Postagens

Mostrando postagens de 2011

A felicidade esta no tempo

Muitos correm atrás até cansar, e em seus cansaços, se prendem a sentimentos no qual, nem os fazem ir adiante e nem tão pouco regredirem em seus momentos de prazer. Muitos não sabem descrever o que é de fato a felicidade e mesmo sem saber o como ela acontece, buscam-na em caminhos obscuros, sofridos e solitários. 
Nunca iremos saber o como a mesma acontece e o como podemos mantê-la. Aquelas dicas de estar bem consigo mesmo até contribui para uma possível assimilação, mas, quem é que tem o poder de controlar os seus momentos, quem é que tem o dom de segurar os sofrimentos e enfim, prolongar os sorrisos? 
A melhor dica então é, aceite os sofrimentos como cicatrizes internas, as lagrimas como remédio para ferimentos e o tempo como o melhor amigo, que sempre, mesmo de uma forma atrapalhada, sempre buscará o nosso melhor. Não viva pensando em prolongar os seus sorrisos, viva aproveitando-o sem pensar de onde o mesmo surgiu. Viva com o teu amigo, mostre a ele os teus agradecimentos por todas …

Minhas frases de novembro de 2011

Eu queria que o tempo andasse ao meu favor, sem fazer esforço, que o meu coração já estivesse em suas mãos! – 30 de outubro


Se eu pode-se voltar ao passado, eu daria a mim a sabedoria que hoje possuo, para enfim, no presente não sofrer como sofro! – 30 de outubro


Sei que no 'tempo' tudo é passageiro, e é através disto que tenho a certeza que as minhas lagrimas do presente no futuro irão secar! – 30 de outubro


Tento e tento não confundir amor com paixão, mas ao mesmo tempo em que tento, erro e erro em afirmar os meus sentimentos! – 30 de outubro


Lembre-se, sentir tesão não significa estar amando ou desejando que o momento dure eternamente! – 1 de novembro


É quando nos esquecemos de proteger o amor que surge uma nova conquista! – 1 de novembro


Eu paro, analiso e a conclusão que tiro é que não paro, não analiso e não tenho nada para concluir. – 3 de novembro


Através das dores do tempo, coloquei sabão em meu coração, por isto a tal dificuldade em pega-lo em suas mãos. – 3 de novembr…

Minhas frases de novembro de 2011

Eu queria que o tempo andasse ao meu favor, sem fazer esforço, que o meu coração já estivesse em suas mãos! – 30 de outubro

Se eu pode-se voltar ao passado, eu daria a mim a sabedoria que hoje possuo, para enfim, no presente não sofrer como sofro! – 30 de outubro

Sei que no 'tempo' tudo é passageiro, e é através disto que tenho a certeza que as minhas lagrimas do presente no futuro irão secar! – 30 de outubro

Tento e tento não confundir amor com paixão, mas ao mesmo tempo que tento, erro e erro em afirmar os meus sentimentos! – 30 de outubro

Lembre-se, sentir tesão não significa estar amando ou desejando que o momento dure eternamente! – 1 de novembro

É quando esquecemos de proteger o amor que surge uma nova conquista! – 1 de novembro

Eu paro, analiso e a conclusão que tiro é que não paro, não analiso e não tenho nada para concluir. – 3 de novembro

Através das dores do tempo, coloquei sabão em meu coração, por isto a tal dificuldade em pega-lo em suas mãos. – 3 de novem…

Sonhos, desculpe-me por esquecê-los

Neste ano cresci muito e confesso que por muito tempo estive cego ao não ver o que estava obvio em minha frente. Estive perdido em mundos no qual se eu os descrevessem, me identificariam como louco afinal, para muitos não existem, onde, para existirem as pessoas tem que ser loucas o suficiente para refletirem suas próprias imaginações. 
Eu queria ver o como é ser igual a todo mundo, o como é aparentemente viver em mundos só nosso, onde as outras pessoas são apenas o que ás descrevemos ser e nada mais. Fui cruel, mas muito cruel mesmo a chegar ao ponto de praticar crueldades comigo mesmo, de esquecer os meus sonhos e desejos. Sinceramente, fui um bárbaro chegando ao ponto de não querer mais nada á não ser viver o presente. 
Desculpas são tudo o que posso pedir a todos e a tudo. Mas com tudo, acho que quem é mais merecedor das minhas desculpas é eu mesmo. Fui um tolo ao esquecer-me e então viver em mundos no qual, sonhos se tornam sonhos e jamais se tornaram realidade pelo simples motivo…

Queria eu fazer a diferença

Meus medos são de crianças ou até quem sabe, bem mais exagerados e sem importância á sociedade adulta onde convívio. Não tenho medo de errar, até porque faz parte da minha aprendizagem, e sim, tenho medo das conseqüências ou até mesmo da forma com que descrevem a minha maneira de aprender. 
Eu queria que esta sociedade fosse igual aos meus contos imaginativos, onde tenho a autonomia para criar os meus personagens e então, tirar essa cor tão insignificante que a realidade possui. Queria eu fazer dos punhos uma rosa que em vez de machucar, perfumaria as faces que tocam. 
Queria eu fazer dos xingamentos algo como melodia, que ao se ouvir, produz sorrisos e gargalhadas e se com tudo cair lagrimas, que sejam de apenas felicidades intensas que as fizeram cair de belos olhos ao encontro do chão.

Tudo deixarei para trás, menos o meu aprendizado!

Vivo sabendo que tudo o que tenho de bens materiais deixarei para trás através assim das decisões do tempo. Sei que quando partir promoverei lagrimas em quem gostava de mim, mas como tudo nesta vida, também serão passageiras e logo o sorriso novamente irá existir em suas faces. 

Meu corpo, meu dinheiro, meus amigos e todos aqueles que trocam experiências e conhecimentos comigo esqueceram que um dia existi. Sei disto, pois não vão trocar os seus futuros e presente pelo passado em que passaram comigo. Mas eu, alma do Thales, levarei todas as lembranças e conhecimentos, levarei comigo minhas experiências e assim darei belas e mais intensas risadas de tudo o que passei. 
Ajudarei de uma forma invisíveis todos aqueles em que na terra odiei, pois, fui egoísta como todos os mortais e só pensei no melhor daqueles em que favoreciam para eu ser feliz. Mas claro, como tudo, devemos de principio pedir desculpas a Deus por sermos egoístas com os demais seres humanos, e aqui esta o meu, Desculpe-me p…

Línguas soltas; sentimentos puros!

Muitas pessoas não gostam daquelas pessoas ao qual a frase “Sem trava na língua” se contrapõe as suas personalidades. Talvez eu seja uma das pessoas que não gosta que as mesmas estejam presentes em meu contexto diário, mas admiro-as por possuírem esta personalidade. 
Se possivelmente nos deparássemos com uma pequena lasca introduzida em nossa pele, retiraríamos rapidamente para não infeccionar e contaminar o organismo. Assim são estas pessoas ao qual estou descrevendo e defendendo, no qual, pelo menos no contexto que digo, são transparentes e dizem o que sentem, não deixando assim, ações humanas contaminarem os seus corações. 
Descrevo-as como seres verdadeiramente fortes aquelas que não possuem travas na língua por possivelmente se arrependerem de suas falas sem sentimentos do que por atitudes repletas de sentimentos maus alimentados por falas acompanhadas por sentimentos de invejas e desprezo.

Levá-la-ei para todos os lugares

Seus olhos me transmitem paz. Em seus lábios volto no tempo, onde, tempo não existia e a experiência prevalecia. No seu corpo entro em labirintos, onde dificilmente consigo sair. Tu não és a única mulher do mundo, mas é a única do meu coração. 
Não vou gozar a vida, vou vivenciar as minhas responsabilidades, vou projetar sonhos e então, viverei um dia de cada vez sem pensar no amanha. Vou beijá-la desejando beijá-la novamente no dia seguinte. Vou sonhar acreditando que todos os meus sonhos se tornaram realidade e então, serei o homem menino que jamais deixara de ser homem. 
Levá-la-ei para todos os lugares, queira sim ou não, vou levar, afinal, os meus pensamentos são meus e levo neles quem eu bem quiser.
Aprendi que não vivemos o presente e tão pouco o futuro. De fato, nem sabemos o que é viver e dificilmente compreenderemos o que é vivenciar o presente. Cada pessoa descreve o ‘viver no presente’ de uma forma e, por este motivo, não tem como descrevê-lo e sim, aceitar a aprendizagem da vida, afinal, não somos nós que fazemos o presente e sim apenas ó executamos.

Olhares egocêntricos

Neste mundo em que estamos, existem diversas culturas, varias formas de pensar, e pessoas completamente opostas umas das outras. No mundo encontram-se pensamentos padrões longe ao que deveríamos possuir. 
Não existem pessoas feias e sim pessoas ao qual atraem olhares egocêntricos. 
Para muitos eu sou feio, sim, para aqueles que nem para os simples objetos que costumamos afirmar ser ‘espelhos’ sorriem e por isto ficam ai, desejando que todos entrem em suas obscuridades em moda.

Algo que não controlamos: Medo!

É algo que não controlamos. Chega e adentra em nosso subconsciente, controlando-nos ao ponto de nos tornar seres irracionais. Leva-nos a mundos imagináveis, onde, somos seres vilãs de nossas próprias historias. 
Através do mesmo, crescemos se soubermos o como tudo acontece, no qual, devemos aceitar que para vencê-lo devemos de principio ser donos dos nossos próprios pensamentos. Devemos não procurar fazer com que o mesmo deixe de existir, mas sim que o mesmo surja para nos mostrar os pontos em que em nossas personalidades devemos aperfeiçoar. 
Medo é bom quando temos em mente o porquê do mesmo existir.

Pedido de desculpas

Pai, perdoa-me por tantas vezes pedir que me mostre à verdade e então quando a mesma chega afirmo dizendo que não vem de ti, que é apenas uma coincidência. Desculpe-me por em tantas vezes ser egoísta e acabar esquecendo as pessoas que contribuem para o meu crescimento. 
Desculpe-me por ser fraco em momentos nos quais, devo demonstrar ser muito forte, mas sinto que são nesses momentos que fico tão distante de ti, quando de fato, começo a acreditar que dou conta de fazer as coisas sozinho, mas na verdade, até mesmo no meu respirar preciso de ti. 
 Mas pai, estejas comigo, mostrando os meus erros para assim eu ser inteligente o suficiente para torná-los em acertos. Coloque varias pessoas ao meu redor para assim favorecerem ao meu crescimento, mas, mostre-me as poucas que quando eu errar, não vão me colocar em situações inferiores ao que estarei, mas sim, depositaram todas as suas confianças ao meu retorno evolutivo.

Sem sonhos, sem vida!

Ultimamente estou enfrentando problemas emocionais, no qual, choro por dentro e sorriu externamente. Queria que tudo voltasse a antigamente, que os meus abraços fossem mais intensos, que as minhas vontades fossem mais claras e transparentes, e que o meu coração não fosse tão escorregadio. 
Eu queria que o mundo fosse mais verde, que os meus passos fossem mais certos e que os meus sonhos fossem mais objetivos e fáceis de serem realizados. 
Não gosto de ficar triste e acredito que ninguém gosta de estar neste estado também. Mas, no momento estou. Não tenho sonhos, não tenho objetivos, nem sei se de fato posso afirmar que tenho vida, pois, sinto que estou vegetando, viajando em mundos inexistentes, construindo amizades onde não passam de figuras passageiras, onde as faces caem e os corações sangram sem saber os porquês.

Minhas frases de outubro de 2011

O meu coração não apenas age, mas também se expressa na escrita!

Não adianta apenas desejar, temos que de fato correr atrás para que o mesmo aconteça. 30 de setembro

E que se fodam o que os outros pensam ou deixam de pensar. São tolos o suficiente para viverem apenas de pensamentos. 30 de setembro

Quando eu faço torno uma pessoa como ‘passado’, não adianta querer se aproximar do meu presente e tão pouco do futuro. Mando tomar no cu mesmo. 30 de setembro

Quando um homem esta com raiva, seus músculos se multiplicam, sua boca se cala e seus olhos cospem fogo. 30 de setembro

Nunca entenderemos o que se passa nas outras mente, tão pouco ainda nos outros corações! 1 de outubro

A felicidade se encontra em nós, não nos outros! – 1 de outubro

E no final de tudo, somos nós que escolhemos sermos felizes por nós mesmo ou pelos outros. – 2 de outubro

Quando chegar a noite e estiver sozinha, lembrasse, posso ser as estrelas no teu olhar. – 3 de outubro

Beije outra boca, sinta outro tipo de cal…

Vivenciadores do passado

Com olhares que se perdem em futuros, onde se tornam vivenciadores do passado e então, corações existem em desertos de sentimentos, no qual, agora nada é como antes, não existem desejos e nem tão pouco sonhos em fazer do presente algo com que se possa ter orgulho a respeito de nós dois. 
Não quero viajar em mil e uns sentimentos, nem tão pouco em tocar diversos outros corpos. Quero crescer, conhecer eternamente uma pessoa até que assim, chegue a minha hora de dizer adeus ao tempo e então, criar independência em relação aos sorrisos e felicidades. 
Pode parecer que largamos tudo e viajamos em mundos distantes, mas os meus desejos ficaram no mesmo lugar, onde crescer não é apenas um objetivo e sim também, pode-se dizer, uma metodologia de vida para mim.

As belas conquistas de viver o presente no futuro

Quando a conquista é alcançada, quando os sonhos se tornam realidade e tudo então deixa der ser poesias imaginativas e sim, começam a serem frases descritivas, o tempo para, o coração suspira e a boca fala tudo o que a mente pensa e deseja.
É difícil conviver com a diferença, precisamos então sermos constantemente diferentes para assim, favorecer e ser favorecido com a mesma.
As conquistas vêm para aquelas pessoas que choram, sofrem e sorriam, continuam em frente, sem medo de errar e tão pouco de estar perdendo o seu tempo. Errando e lembrando-se dos erros que assim então, começamos a só realizar acertos e extrair de tudo boas experiências.

O futuro é sim, tão importante quanto o presente.

Falamos tanto em vivenciar os atuais momentos, mas e ai, como vivê-los de fato sem imaginar o como será quando aquela pessoa amada chegar, ou quando até mesmo o despertador despertar? 
Constantemente vivemos o futuro também. Talvez não damos conta, mas é através dele que também crescemos, pois é nele que recorremos ao desenvolver um sonho e então, no presente realizamos os mesmos. 
Os dois são importantes, e não á como viver apenas um. Se vivêssemos com apenas um, seriamos como uma caneta sem papeis para escrevermos, e também como se tivéssemos milhares de pensamentos, mas não pudéssemos demonstrá-los em forma alguma. Assim, o futuro é sim, tão importante quanto o presente.

A vida das vidas

A vida é tão limitada para algumas pessoas, como se entre tantas cores existentes elas só conseguissem ver duas, preta e cinza. A vida é tão pequena que muitas pessoas procuram viver em quatros paredes, para não correr o perigo de passar boa parte de seu tempo sofrendo com o que as outras pessoas dizem ou deixam de dizer.
Muitas pessoas têm medo de abrir um belo sorriso por puro medo de entre seus dentes haver um pedaço de carne ou legume. Tolas aquelas pessoas que se acham boas o suficiente de viver as suas vidas sem alguém para apontar os seus defeitos e qualidades. Tolas mesmo, são aquelas pessoas que deitam, sonham, acordam e são incapazes de lembrar os seus desejos diários.
Viver o presente é bom, mas é tão inútil quando não se tem um passado ou planos para o futuro. É como um pássaro com belas e fortes asas, voando sem rumo, sem desejo de pousar e então ali se estabilizar, fazer seu lar, procriar e então fazer a vida das vidas continuar.

Esquecendo o futuro

Assim como existem pessoas fortes, existem pessoas fracas e assim, não me identifico em nenhuma delas. Sofro mas ao mesmo tempo tenho orgulho dos meus sofrimentos, como se através deles eu tivesse a maior motivação de continuar vivendo. Não gosto de sofrer, mas aceito os sofrimentos assim como as aulas em uma escola.
        Não vou mais correr no tempo, não vou mais viajar para outros planetas através das minhas imaginações e nem tão pouco criar expectativas nas pessoas.  Vou começar a crescer no presente, não mais no futuro. Posso até planejá-lo, mas não vou mais vivenciá-lo, no qual, antes era como se eu já fosse pai, e tudo o que eu fazia era limitado em oferecer condições melhores aos meus filhos e esposa, isto sendo, que eu apenas estava em um inicio de namoro.
         Daqui para frente, vou deixar os meus ouvidos escutarem “eu te amo” antes da minha boca dizer o mesmo. Vou deixar as pessoas me ganharem, e não mais correr para conquistar as pessoas, afinal, neste presente temos q…

Conclusão das cartas

O que me marcou foi que ela me ensinou a beijar, a conhecer os meus sonhos e a descobrir o que de fato eu queria. Ela apareceu em um momento da minha vida onde eu mais precisava de alguém, foi ela que me ajudou na perda da minha mãe, onde foi nos ombros dela que chorei mares de tristezas. 
Acredito que por estar abalado e em choque, não sabia lidar e tão pouco descrever o que eu queria com ela. Eu gostava dela como amiga, mas também não conseguia ficar sem os seus beijos, pois, medos de não conseguir outra pessoa sempre dentro de mim existia. 
Por causa da perda da minha mãe, fiquei perdido, sem filosofias de vida e etc. Esqueci que antes de tudo, eu já tinha uma paixão antiga e por este motivo possuía tantos medos de não dar certo, pelo motivo de desconhecer o que tinha dentro do peito. 
Mas superei, estou melhor, continuo vivo e aprendendo com os erros!

Quarta carta

[...] dói muito esta distancia, dói muito saber que á tenho e ao mesmo tempo não á tenho. Sabe, eu sei que se o amor não for cuidado, ele morre e surge novamente em formas diferentes, ou seja, por outra pessoa. E o que dizer, nossa, não sei fechar os ferimentos que a distancia traz, na verdade, não é a distancia e sim o fato da existência da complexidade do amor, pois o que eu sei é que quando a gente ama alguém, não adianta tentar escapar ou tal, sofremos correndo ou ficando, pois é assim que ele é, mas claro, com você pessoalmente, nossa, ficaria tão fácil para assim cicatrizar os ferimentos que surgem. 
[...] de certa forma hoje estou tão tristonho, e ao certo nem sei o porquê, talvez seja por que tudo esteja mudando, ou talvez não, acredito eu que seja por causa que não estou conseguindo acompanhar a mudança, e, é tomara que seja isto, espero que então logo, logo voltar a sorrir vendo as mudanças assim serem desenvolvidas a partir de mim. 
[...]desde pequeno tive a concepção que o f…

Terceira Carta

[...] estou com muitas saudades, acredito que evoluímos muito nos dias 13, 14 e um pouco do dia 15, não desconsiderando o fato que virtualmente evoluiríamos também, mas com certeza, pessoalmente é muito melhor, pois nos teus olhos eu vejo os meus reflexos e nas tuas mãos eu vejo o quanto fico nervoso a chegar ao ponto de suar em dias tão frescos. Amor, nos dias anteriores eu até tentei desenvolver a carta, mas não consegui, era tão difícil para mim ,pois, ainda parecia como se eu continuasse ai, mas tudo bem, continuo bobão e acredito que por muito tempo ficarei assim. 
[...] o amor é como uma rosa, devemos regala sempre para continuar viva e assim, sei lá, como posso dizer, possuo muito medo ao nosso respeito, já que através da distancia nem sei ao certo se conseguirei continuar fazendo os teus sentimentos por mim crescer. 
[...] nossa, deu uma vontade louca de falar com você, mas como a barreira é esburacada e distante, começo aqui a descrever o que eu sinto e penso no dia de hoje. H…

Segunda Carta

[...] Gostei muito de tudo, onde de uma forma bem simplificada e etc. me senti como se já tivesse conhecido toda a tua família, onde mesmo sabendo que em muitas coisas um estava observando o outro, concluo que em muitas coisas eu e a tua mãe temos em comum, uma destas é a tua felicidade, pois, ambos a querer ver sorrindo. 
[...] Tenho muito medo da rapidez que estamos iniciando a nossa evolução, mesmo não querendo que tudo ande lentamente, continuo desconhecendo o que realmente é o amor... 
[...] atualmente, estou-me auto-modificando, onde tu através das palavras doces e carinhosas através dos toques inocentes e experientes me reconstróis na forma de pensar, onde assim utilizando uma das concepções de Vygostk juntamente com varias formas de pensar da minha pessoa conclui-se que a vida é principiada através dos pensamentos, pois só através destes que conseguimos ações mais aperfeiçoadas e qualificadas, onde assim antes de termos algo devemos desejá-lo, no qual, concluo que estou desejand…

28 de abril

A língua portuguesa diz que é desnecessária e subestima a inteligência do seu interlocutor quando iniciamos um texto dizendo “venho por esta carta...”, por este mesmo motivo não vou iniciar esta carta desta maneira. 
Quem diria que você estaria lendo algumas folhas de papeis, tentando interpretar as minhas letras que são difíceis de entender e se perguntaria: (como foi que conseguimos chegar a este ponto, como que a nossa amizade conseguiu de fato evoluir tão rapidamente?) 
Não sei o porquê, mas são tantas coisas que eu quero-te dizer que acabo me perdendo em tantos pensamentos em como fazer. Eu sei que não vai ser fácil para ambos no sábado à tarde, primeiramente pelos medos e receios da sua família, mas é normal, pois atualmente o que mais esta acontecendo são crimes que as famílias de uma forma não participativa, mas, sim de certa forma tornaram-se espectadores ao presumirem que iria acontecer e não fizeram nada, assim acredito através do pouco que me contou, que sua mãe se preocup…

Uma carta de despedida

Neste pequeno texto, vou te fazer retornar ao tempo, no dia em que você falou onde era a tua casa e então me convidou para tomar tereré. Foi divertido, foi excepcional. Por poucos segundos te fiz colocar a mão em meu peito para sentires os batimentos cardíacos, onde o meu coração estava a mil.              Lembro-me que te pedi para olhar em meus olhos e sempre quando olhava, você ria. Sinceramente, aquelas palavras onde eu dizia que gostava mesmo de te ver sorrindo, eram verdadeiras e com certeza estavam em meus desejos futuros. Lembro-me que te expliquei o como sou, onde sou muito dependente e que em vários contextos eu iria ter que evoluir. Falei que tu deverias ser calma com o meu jeito, apontando os meus defeitos e procurar juntos solucioná-los. Falei que prezava um relacionamento baseado na amizade, onde amigos sempre conversam e compartilham os seus medos, e o papel do amigo nem sempre é solucioná-los, na maioria das vezes é de apenas ouvi-los. Coisa que tu nunca fez comigo.     …

Minhas frases de Setembro de 2011

Meus sentimentos e desejos em frases *-*

Eu posso perder tudo... menos os motivos pelos quais acredito tanto no amor! – 1 de setembro
Todos os momentos desperdiçados serão tempos que não voltam mais! – 1 de setembro
Amar pra valer depende dos dois lados e se um fracassar tudo irá pra baixo se o outro não pensar grande! – 1 de setembro
Eu me preocupo com as coisas... Não penso que o tempo me mostrará algo se eu embaixo de uma arvore começar a sonhar! – 3 de setembro
É tão fácil encontrar alguém para amar... O difícil mesmo é encontrar alguém que te corresponda na mesma intensidade! – 3 de setembro
É no se machucar que se aprende a não mais cometer os mesmos erros! – 4 de setembro
Se me queres por perto, podes destruir os meus sonhos, desejos e sentimentos, mas nunca a confiança – 5 de setembro
Somos feitos de carne, mas temos de viver constantemente como se fôssemos de ferro. –5 de setembro
Eu procuro no amor a capacidade de me fazer visualizar a dificuldade algo já conquistado. – 5 de setembro