segunda-feira, 25 de junho de 2012

A magica dos sonhos


Dificilmente eu desenvolvo as minhas postagens diretamente em um único tema ou citação, mas enfim, este não será assim também, onde mesmo que seja de uma forma oculta, deixo o meu currículo, e enfim, também deixarei as minhas experiências. Mas hoje, quero agradecer e compartilhar com vocês, um vídeo no qual me fez ficar muito emocionado, e desta forma, quero finalizar antes de posta-lo, que lutei, assim como continuo lutando pelos meus sonhos.
Eu caio constantemente, e muitas das pessoas que me conhecem diretamente e até indiretamente, colocam mais opiniões negativas do que favoráveis ao meu rendimento como pessoa. E eu acredito nas pessoas, acredito nos sonhos e amores, e enquanto eu existir, mesmo que seja só de espírito, continuarei a acreditar nos humanos, até porque, fui um deles, e sei que se quisermos, podemos sim, viver sendo sustentado pelo amor, independentemente de qual seja o amor, é ele o responsável por vivermos e aprendermos eternamente!
Fica então, um dos vídeos do mágico Renner:


Acessado em 25/06 - as 22:01

sábado, 23 de junho de 2012

Tudo na vida é oculto


Um relacionamento, não se resume em sexo ou em dinheiro. Para se manter um relacionamento, ambos têm é que possuir, muito, mas muito talento em questão a utilizar as suas criatividades para confortar os sofrimentos do companheiro (a).
     Lembrem-se, a rua é cruel, batemos, erramos e matamos muitos sonhos, sonhos eles que podem ser os nossos e também de outras pessoas, e isto, é normal, constantemente ganhamos e perdemos, mas uma coisa é fato, jamais, mais jamais mesmo, devemos fazer do nosso lar, a prisão pelo qual iremos pagar os preços que cometemos lá fora. O lar deve ser o que podemos sempre afirmar com toda certeza, que é nosso, o nosso verdadeiro refugio. E assim, dentro dele, podemos fazer quais quer que sejam as mudanças que acreditamos ser favorável a nossa felicidade.
   Por isto, viver é bom demais, quando assim vivemos paralelamente. Problemas de serviço, devemos deixar lá no serviço, não leve para casa. Já basta matarmos milhares de sonhos lá fora, ou no final de tudo, também quer ser assassino dos sonhos da tua mulher, dos teus filhos e em conjunto de si próprio?

domingo, 17 de junho de 2012

O meu eu em conflito com o quero ser


Eu te amo, não tenha duvida disto... Enfrento a mim mesmo, se isto for promover o teu crescimento como pessoa... Pois é assim que descrevo o amor, o único sentimento no qual, não é individualista e sim, humano... Deixo de ter medo e enfrento tudo, ao ponto de morrer por o que acredito ser certo, e enfim, sei que para muitos isto é loucura, de fato, se eu não estivesse apaixonado tanto quanto não estão, diante a uma pessoa com pensamentos semelhantes ao que atualmente possuo, também me descreveria desta forma.
É neste sentido que estou morrendo pela metade, sem saber se novamente viverei por completo, estou disposto a não mais empurrar as dores para o futuro e sim, buscar corrigi-las agora, no presente. Construirei em mim, o amor próprio novamente, e desta forma, terei novamente em minhas mãos a visão do que é bom e ruim para mim. Afinal, ninguém ama e jamais poderá amar um semi-zumbi, preciso viver e dar motivos a ti para também viver e me amar.
Caso, após tudo isto passar, não me amar mais, é a prova que tudo o que passamos foi um sonho repleto de desejos sem praticas, e sem condimentos responsáveis para fazer com que a cada surgir do sol, nascesse mais inspirações para que as nossas mãos e sentimentos estivessem cada vez mais unidos. 

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Pedras no sapato



Como uma pedras no sapato, os pensamentos e desejos são barrados no encontro com a sociedade. Discriminação, preconceito e egoísmos tomam conta de todos os sentimentos que eram responsáveis pelas poucas harmonias existentes entre nós seres da natureza. Lagrimas correm de encontro ás correntezas dos rios, na busca por mares de lamentações. Só se ouve choros acompanhados por gritos e tristezas. Estamos em um mundo no qual, a beleza é um caminho mais fácil rumo ao sucesso do que a determinação, em um mundo onde todos devem corresponder os desejos dos outros e no final de tudo, esquecer que tem uma vida, que precisa se alimentar, ter lazeres, namorar... Viver!
Estamos em um mundo, onde muitos não dormem, pois sentem medo de não mais poderem abrir seus olhos. Vivemos egocentricamente, tapados e distraídos com nossas ambições de quê o dinheiro trará todas as respostas e felicidades. Sinto dó... dó do meu pai todo poderoso, no qual, todos os dias recorro a ele no intuito de me desabafar, mas felizmente, não existe outra pessoa tão graciosa tanto quanto ele.  Me conforta, mostrando suas mãos, me faz ter consciência de quê as pedras no meu sapato, não são nada, são completamente insignificantes em comparação as suas cicatrizes.
Sempre responde as minhas duvidas, me relembrando o tanto que ele sofreu com acontecimentos semelhantes ao que atualmente estamos fartos de ver e não poder fazer nada. Ele me tranqüiliza, mostrando o futuro, consigo logo me acalmar. Meu mar, já se transformou em rio. O meu rio esta diminuído, secando com os movimentos dos dedos na minha face. Estou mais calmo, e confiante de verdadeiras glorias, onde não mais serão passageiras como papeis descrevendo o que somos, mas sim, palavras doces dizendo-me quem seremos através dos nossos atos!

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Eterna Reflexão


Eu sei... Tudo o que vai, um dia acaba voltando. Sei que na maioria das vezes afirmo isto, sem dar importância na continuidade dos meus passos maléficos, sou malvado consigo mesmo. Machuco-me com minhas teimosias, machuco-me com utopias em que não são acompanhadas por praticas, mas sim, apenas por pensamentos complexos e sem destinos.
Penso e através do próprio momento da eterna reflexão, modifico-a e continuo ali, pensando sem praticas, sem atos de coragem, sem nada. Sou fraco, medroso e muito cego em questão a continuidade do meu orgulho sendo a qual situação, a tal que nada possuo para me orgulhar.
Peço-me constantemente desculpas. Vago sem propósitos e isto me assusta, peço constantemente ajuda do pai, mas continuo na situação de teimosia que tudo consigo resolver sozinho. Preciso com urgência perder esta personalidade, com urgência preciso reverter esta minha situação, por isto, pai, afasta-me o males que me cercam, daí-me força para lutar com os meus próprios medos e orgulhos, conceda-me inteligência o suficiente para não mais vagar e sim voar com propósitos, propósitos estes de fazer o bem para o meu físico, psicológico e conseqüentemente a esta etapa, ajudar outras pessoas a também vencer suas próprias limitações. Amém!