Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2010

O Thales de 2011

Semelhante a uma flor

Tu és semelhante a uma flor, dependendo da estação muda de cor, e assim vai perfumando tudo e todos ao redor.

És muito importante para mim e assim continuarei, irrigando-a de sinceridade e amor, pois, sou o que sou e nada e ninguém, a não ser eu mesmo, poderá mudar e alterar-me.

Então não tente compreender-me, pois, sempre serão em falso as suas interpretações, pois, somos feitos para preencher os vazios, jamais para satisfazer os nossos desejos profundos, mas, sempre que querer um ombro amigo, ou algo além, não tenha medo da resposta, pois, sou sincero e jamais vou usar a falsidade para o teu bem.

Rio vermelho

A tua amizade me fascina

Quero voltar a ser o que era

Amiga Sincera

Lobo Solitário